Pular para o conteúdo
Voltar

Redução de gastos e reformas promovem melhor gestão na Setas

Setas/MT

Jana Pessôa
A | A

O secretário adjunto de Administração Sistêmica, Antônio Raimundo de Figueiredo Neto, informou que em 2018 a melhor utilização dos recursos da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) permitiu mais investimento nos setores.

Como, por exemplo, a compra de novas máquinas e equipamentos para a secretaria, com isso conseguiu reduzir em 30% as despesas nas aquisições. A reordenação dos setores, promovidos com as reformas, adequou o organograma de modo que cada secretaria adjunta reunisse o corpo técnico em seu próprio bloco.

“Devido as reformas, a Secretaria Adjunta de Cidadania mudou para o novo prédio que era ocupado pelo Sine Matriz e a Secretaria Adjunta de Assistência Social ganhou mais espaço e passou a ocupar também seu próprio bloco, facilitando a interação e tendo mais praticidade em atender as demandas”, disse.

Segundo o gestor, 2018 foi um ano atípico, porém a secretaria está com todos os setores organizados para a próxima gestão. “As mudanças nos espaços e a aproximação dos setores afins permitiram um grande progresso e a integração das equipes. Além disso, substituímos toda a frota de veículos para a secretaria com um custo reduzido e ainda geramos uma economia mensal em torno de um milhão”, comemorou.

SETOR DE ENGENHARIA

As reformas no prédio da Setas foram conduzidas pelo setor de engenharia da secretaria que promoveram adequações e melhorias no ambiente de trabalho para os servidores neste ano. O bloco do gabinete, com 11 salas, recebeu divisórias drywall. As salas reservadas para reuniões receberam isolamento acústico. Além disso, todo o cabeamento foi substituído conforme normas da ABNT.

Foram substituídos também o cabeamento de lógica e elétrica no subsolo, o forro antigo por outro de fibromineral - com maior facilidade de manutenção e isolamento acústico. No bloco sistêmico, foram reformadas as salas do financeiro, de convênios, de aquisições, contratos, o corredor e a coordenadoria de TI.

Todos os blocos receberam adaptações na rede lógica e elétrica para melhor atender os servidores, além de forro e luminárias novas, bem como a pintura nas paredes. A manutenção do escoamento pluvial foi melhorada, as descidas pluviais foram aumentadas, criadas caixas de passagem para uma drenagem mais eficiente, calhas e rufos também foram trocados no período das chuvas.