Pular para o conteúdo
Voltar

Governo entrega mais de 200 cartões na região Araguaia

Famílias e profissionais da rede de proteção de Água Boa e Querência receberam o benefício
Mel Mendes | Setas-MT

Jana Pessôa/Setas-MT
A | A

Mais de 250 famílias da região Araguaia passaram a fazer parte do programa Pró-Família. Com as entregas de cartões realizadas nos dias 16 e 17 de fevereiro nos municípios de Querência e Água Boa, o programa alcança agora 103 municípios mato-grossenses, beneficiando mais de 14 mil famílias e envolvendo mais de dois mil profissionais locais.

“Neste momento de dificuldade que passa o país, é com muita alegria que realizamos essa entrega. O Pró-Família serve para cuidarmos de nossa gente. É para fazer com que as pessoas tenham oportunidades”, afirmou o governador Pedro Taques durante o evento em Água Boa, que entregou cartões para 196 famílias e 37 profissionais da equipe do programa.

O chefe do executivo também lembrou que, além da transferência de renda, o Pró-Família tem como objetivo criar uma rede de proteção social para garantir aos beneficiários acesso à qualificação e a recolocação no mercado de trabalho. “Sabemos que o auxílio mensal não resolve a vida de ninguém, mas é uma ajuda para viver com dignidade. No entanto, mais do que incluir famílias no programa, queremos que elas saiam do Pró-Família, que superem a vulnerabilidade e contribuam ainda mais para o desenvolvimento e nosso estado”, completou Taques.

A secretária de estado de Trabalho e Assistência Social, Monica Camolezi, destacou a importância das ações integradas e a participação das prefeituras para a ampliação do programa, além disso, anunciou que os cursos de qualificação oferecidos para os beneficiários do Pró-Família terão início a partir de março. Serão ofertados cursos de cabelo e maquiagem, eletricista, encanador e outros. Os profissionais que compõem a equipe do programa também receberão qualificações específicas em suas áreas.

“O programa é uma grande estratégia que envolve todo o governo. Estamos trabalhando para que as famílias tenham autonomia, então além do auxílio mensal, articulamos uma rede com ações da saúde, educação, agricultura familiar, de fomento, qualificação, entre outras, e projetos e políticas locais, das prefeituras. Isso é o Pró-Família, essa grande articulação para trazer dignidade e promover a verdadeira transformação no estado de mato grosso”, explicou a gestora.

Roseli de Carvalho Lopes, de 32 anos, é mãe de quatro crianças com idades entre 14 e 3 anos. Agora ela faz parte do grupo de 94 famílias beneficiadas pelo Pró-Família em Querência. “É bom ver que nosso governo está disposto a nos ajudar e estamos todos felizes. A gente queria não precisar desse tipo de coisa, mas a situação não está nada fácil e pra quem tem filho pequeno é mais difícil ainda. E eu só tenho a agradecer de poder contar com essa ajuda para melhorar de vida”, desabafou a dona de casa que está desempregada e cria seus filhos sozinha, realizando bicos como babá e diarista.

Já para a dona de casa Raissa Raiane Galdinone, de 20 anos, uma das novas beneficiadas do programa em Água Boa, o auxílio mensal vai ajudar a dar o mínimo necessário para seu bebê de apenas dois meses de idade. Além disso, ela conta que está ansiosa para a realização dos cursos. “Isso vai ajudar muito a gente. Eu sempre quis fazer um curso, mas é tudo pago e eu não tem da onde tirar o dinheiro. Aí, na hora de trabalhar a gente fica pra trás e acaba perdendo a oportunidade. O Pró-Família vai ser muito importante pra gente e pra cidade também, que vai ter mais trabalho e menos pobreza”, concluiu.

Até o fim deste ano a meta do Pró-Família é atingir os 141 municípios do estado, incluindo mais de 20 mil famílias e cinco mil profissionais. A entrega dos cartões fez parte de uma agenda de ações do Governo do Estado que inclui a inauguração da pavimentação de 13,6 km da rodovia MT-240 e a entrega de 201 títulos de regularização fundiária urbana em Água Boa.